Entenda como o mobile learning pode ajudar você e sua equipe

mobile learning

Em um cenário acirrado de concorrência, ter uma força de vendas engajada e treinada para oferecer suporte para o cliente faz toda a diferença. Por outro lado, as pessoas estão cada vez mais conectadas a smartphones, tablets e outros dispositivos móveis. Nesse contexto, podemos unir treinamentos e conectividade para disponibilizar conhecimento para o time, por meio do mobile learning.

Trata-se de uma tendência na área educacional que ganhou adeptos no ambiente corporativo, principalmente na área comercial, onde tempo é o recurso mais importante. O mobile learning é conhecido pela possibilidade de multiplicação do conhecimento e integração de diferentes mídias, a fim de tornar a capacitação versátil e atrativa para os colaboradores. Quer entender como o mobile learning pode ajudá-lo e também sua equipe? Confira nosso post!

Afinal, o que é o mobile learning?

O mobile learning é uma atividade de capacitação e ensino com o uso de dispositivos móveis, como o smartphone, tablet, laptop e celular. Ele é um tipo de e-learning (eletronic learning) — processos de aprendizagem realizados à distância.

O mobile learning (ou m-learning) pode envolver videoaulas, aplicativos com conteúdo dinâmico e questionários para treino, cursos e redes sociais acadêmicas. Desse modo, as capacitações tornam-se mais dinâmicas e interativas.

Outra grande proposta dessa modalidade de ensino é a gamificação (gamification). Essa constitui-se do uso de jogos para o processo de aprendizagem. E isso vale tanto para conhecimentos técnicos quanto para conteúdos ligados à gestão e à rotina de trabalho.

Como integrar o mobile learning com outras frentes?

A maioria das organizações já tem um calendário de treinamentos previamente definido pela área responsável. O mobile learning surge como uma ferramenta de apoio para essas frentes.

Isso porque ele permite à organização integrar a equipe com o conhecimento desejado de forma mais atrativa. Além disso, a ferramenta possibilita deixar para o colaborador a decisão de quando e onde ele deverá realizar o módulo digital da capacitação.

Essa tecnologia torna o compartilhamento do conhecimento adquirido rapidamente viável no ambiente empresarial. Além disso, com a gamificação, a aprendizagem fica ainda mais dinâmica. Assim, integrando estratégias, a corporação pode desenvolver processos de capacitação muito efetivos.

Ebook grátis - O Guia Definitivo Para LinkedIn

Quais são as vantagens de alinhar gamification com o mobile learning?

A explicação é bastante simples. As empresas escolhem treinar os seus colaboradores por meio de jogos, trilhas e quizzes, porque, desse modo, conseguem engajar e proporcionar interação em todos os níveis. Assim, assuntos técnicos se transformam em algo descontraído e de fácil aprendizado, possibilitando, ainda, que haja simulações de situações rotineiras.

A escolha da plataforma de mobile learning ajuda a potencializar o conhecimento adquirido. Ela permite que o profissional tenha acesso ao conteúdo dos treinamentos em qualquer lugar que ele esteja. Dessa maneira, as organizações acabam unindo duas tendências que proporcionam melhores experiências de capacitação para seu time.

Como o mobile learning pode ajudar seu negócio?

Investir em mobile learning é apostar em novas dinâmicas de aprendizagem, o que fortalece sua equipe, otimiza o uso do tempo e dá mais autonomia para o profissional. Entenda mais como o m-learning pode ajudar o seu empreendimento:

Mais facilidade de acompanhamento

Ao optar por uma plataforma digital de treinamentos, você será capaz de identificar e avaliar o potencial de cada colaborador ou do time. É possível obter relatórios atualizados da performance de cada um, de acordo com os critérios de aprendizado definidos pela sua empresa.

Assim, ficará mais fácil identificar pontos de atenção para serem trabalhados nas capacitações presenciais ou reforçados com atividades extras na plataforma de treinamento. Você terá mais possibilidades para dar feedbacks para a equipe, o que incentiva o crescimento profissional e a melhoria na qualidade do trabalho.

Mais engajamento para o time

Outras grande vantagem para a empresa é que o m-learning fortalece o comprometimento do colaborador. Pense nessa situação: se você convoca toda a equipe para um treinamento apenas com a didática convencional (aula expositiva, exercícios e provas), o profissional se engaja o suficiente?

Por outro lado, se você desenvolve, em conjunto, capacitações à distância pelos dispositivos móveis, você permite que haja liberdades e compromissos concomitantes. Correr atrás do aprendizado demonstra empenho e proatividade. O treinamento passa a ser entendido como um investimento na carreira.

A visão é outra, não é mesmo? O colaborador consegue um complemento para o processo de conhecimento, de forma a fixar os conteúdos e ter a chance de praticar, seja com exercícios, quizzes ou jogos. Isso permite interagir com o conteúdo e receber feedbacks, o que melhora o engajamento.

Melhor aproveitamento do tempo

O mobile learning é assíncrono, ou seja, não tem uma hora definida para fazer o curso. Cada membro da equipe ajusta sua carga horária para fazer o estudo à distância quando pode. Esse modo propicia mais flexibilidade para o colaborador aproveitar horas que antes seriam inúteis.

Pense no profissional que mora longe e encara, diariamente, um engarrafamento na volta para casa. Ele pode fazer as horas improdutivas do ônibus se tornarem um tempo muito rentável, investindo na capacitação com o m-learning.

Além disso, a empresa ganha em tempo e desempenho. Ela pode manter a equipe no trabalho com a realização dos treinamentos virtuais, pois o momento para capacitação será um investimento de cada um.

Junto de tudo isso, com o acompanhamento da aprendizagem do time, a qualidade do desempenho das tarefas cotidianas também aumenta, havendo menos erros e retrabalho.

Quais são os desafios do mobile learning?

O mobile learning é uma excelente ferramenta para alavancar a aprendizagem na empresa. Mas isso não significa que tudo seja simples. A lógica de treinamentos assíncronos permite muita flexibilidade, mas também demanda disciplina do colaborador.

A organização precisa equilibrar essa maleabilidade com a exigência dos profissionais. A cobrança é fundamental e deve ser feita por todos os gestores da corporação, e não apenas pelo setor de RH.

É importante criar um esquema que incentive o colaborador a investir nos treinamentos do mobile learning e desenvolver meios formais que evitem que a equipe protele as capacitações. Definir prazos e cobrar os conteúdos aos poucos pode ser uma boa estratégia.

Além do mais, é fundamental mostrar o quanto o aprendizado vai ajudar o profissional a ter um desempenho melhor e atitudes mais assertivas no trabalho. Isso, possivelmente, motivará a equipe para investir em tempo para aprender.

O mobile learning pode acrescentar muitos incentivos para que as empresas tenham mais adesões nos programas de capacitação, principalmente pela facilidade e comodidade de acesso. Isso sem contar que as atividades dessa plataforma móvel tendem a ser curtas e dinâmicas, o que, naturalmente, gera mais interesse nos colaboradores do que os demais formatos.

Aproveite que você acabou de conhecer um pouco mais sobre o mobile learning para ler a nossa publicação sobre gestão de pessoas focada em resultados. Alinhando um modelo de gestão eficiente com os canais corretos de treinamento, a sua equipe, dificilmente, terá dificuldades para atingir as metas.

©2017 Hondana Serviços de Conteúdo Digital LTDA. Todos os direitos reservados